Samba do Mercado – Letra e história

Pra mim um dos sambas mais simples, modernos e divertidos dos últimos 10 anos foi composto (e se mantém anônimo) pelo Rodrigo Lobo (vulgo Pantera) com ajuda do Danilo Lagoeiro, em Bauru, por volta de 2005. A música fazia parte da extinta banda Cuecas Rosas.

Cuecas Rosas em ação

Exagero pra chamar a atenção – é claro. Mas é um sambinha com letra atual, refrão grudento e sucesso nas rodas da faculdade, que nunca teve uma gravação decente. As duas abaixo são sofríveis, mas é o que temos pra hoje…

Quem quiser fazer uma boa ação, grave esta canção.

Samba do Mercado
Quando eu era pequeno e ia fazer compras
Achava aquilo tudo do caralho
MAs agora nas prateleiras, ao invés de chocolates
Eu encontro os meus colegas de trabalho

Mercado, mercado, mercado eu tenho medo de você
Mercado, mercado, sou um produto bem barato pra vender

Fiquei sabendo de uma vaguinha pra fazer estágio
Com João Bidu, mas não deu em nada
Preciso sair dessa vida, dar uma virada
Deixar de ser um hippie com mesada

Pantera cantando o “Samba do Mercado” em reencontro de Bauru

Cover da música feito pela banda Milhouse

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...