Courtney Love – Musas do Rock

postado originalmente 2 de Setembro de 2009

Ela enlouqueceu Billy Corgan e Kurt Cobain...

Tá bom, ela é a viúva-negra do rock. Ok, ela é a Yoko Ono do grunge. Ah, ela é uma baranga junkie que só fez sucesso por causa de umas músicas do Kurt Cobain? Bom, Courtney Love já foi bastante detonado desde que casou com o líder do Nirvana e mais ainda quando o cara se matou em 1994. Mas ninguém pode negar: o Hole conseguiu atingir o mainstream com hits roqueiros e clipes na Mtv e Courtney ainda arrancou elogios em suas atuações no cinema, especialmente na biografia do criador da Hustler, “O Povo Contra Larry Flint”, pela qual ganhou o Globo de Ouro.

Quem vê pensa que ela é uma pobre garotinha indefesa, né?

Quando eu era um moleque roqueiro em Penápolis, eu nem dava trela pras fofocas sobre a Courtney. Ela gritava em músicas fodas como “Violet”, tinha atitude punk, e não hesitava em pagar peitinho a qualquer momento. Por isso ela está aqui, ao lado da Debbie Harry na nossa categoria de musas do rock. E se acharem ruim eu posto uma foto da Yoko Ono peladona!



Courtney toca “Violet” com o Hole


Veja também:
-Outras musas nuas do nosso blog
-Musas rock n’ roll


Biografia rápidíssima

Courtney Love Cobain (São Francisco, 9 de julho de 1964) é uma cantora, compositora, atriz, ex-líder da banda norte-americana de rock alternativo Hole e viúva do roqueiro Kurt Cobain.

Um ensaio mais recente de Courtney Love em pose fetichista

Trailer de “O Povo Contra Larry Flint”

 

Poison Ivy – Musas Rock n’ Roll

-Todas as musas rock ‘n’ roll

Kristy Marlana Wallace (San Bernardino, California, 20 de fevereiro de 1953) é uma ruiva magrela que toca guitarra de forma razoável.

Sua personagem, Poison Ivy, é uma das mulheres mais rock ‘n’ roll do planeta, casada com Lux Interior(um Iggy Pop andrógino) – com que fundou o The Cramps – e encarnação de meia dúzia de fetiches pop.

Pra quem não sabe, The Cramps é uma banda surgida em 1976 nos EUA em plena explosão punk. São considerados os pais do psychobilly(punk + rockbilly) e foram figurinhas carimbadas na cena que se formou ao redor do notótrio CBGB em Nova York.

Ivy empunhou a guitarra, estampou capas, estrelou clipes e foi a musa inspiradora do esposo freakie(que aparecia sempre calçando sapatos de salto alto). Encarnando uma pin up fetichista e exagerada, Ivy debochava da própria figura de sex symbol.

Poison elouquecendo o maridão em “Like Bad Girls Should”

Veja também:
-Bettie Page a maior pin up da história
-Todas as musas

Mais de 1600 discos com capa de nudez

Jimi Hendrix sabia o que era bom

Mais de 1600 capas de discos com fotos de peladões na capa. A maioria são mulheres tirando a roupa pra vender discos, mas tem uns marmanjos também, pra quem curte. Alguns discos e bandas tem a ver com a temática de sexo e sacanagem, apesar de em muitos casos o negócio é só chamar a atenção dos onanistas de plantão.
O linkzinho esperto eu achei perdido em algum blog da vida:
http://rateyourmusic.com/lists/list_view?list_id=6482&show=150&start=0

Nudez salva música ruim?

-Entrevista com o fotógrafo Wandeclayt e fotos de suas pin ups

Beth Ditto – Musas Rock ‘n’ Roll

Tá achando ruim? Prefere a Joan Jett? Pô, vai ouvir pagode! Quer coisa mais rock ‘n’ roll que ser nomeada a mulher mais sexy do mundo pela revista NME pesando 95kg?
Beth Ditto(1981) é vocalista do trio de dance-punk-blues The Gossip. Levanta a bandeira gay, arruma encrenca, enche a cara, posa nua em revista lésbica,  tudo isso vindo de uma cidade(Searcy) minúscula, no sul dos EUA e ainda  tendo uma criação protestante radical.

Betty Grable – Musas Pin Ups

Betty Grable exibe os ombros nus

No campeonato mundial das pin ups, Betty Grable (18 de dezembro, 1916 – 2 de julho, 1973) joga no time mainstream de Marilyn Monroe. Betty não escreveu sua história sendo ícone undeground, como Bettie Page. Ela estrelou dezenas de filmes e musicais em Holywood – entre eles o clássico “Como agarrar um milionário”(1953). Nos anos 40, Betty chegou a ser a atriz mais bem paga dos EUA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A foto dela de maiô, que você vê acima, a transformou em ícone entre os soldados americanos que lutaram na Segunda Guerra Mundial. O clique foi eleito pela revista Life uma das “100 fotos que mudaram o mundo”.

Curiosidades
-Betty serviu de inspiração para Hugh Hefner fundar a Playboy.
-Muito antes de Rita Cadillac, ela fez seguro de suas desejadas pernas, no valor de um milhão de dólares cada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja também:
-Outras musas nuas do nosso blog
-Musas rock n’ roll 

 

Debbie Harry nua – Musas do Rock

-Outras musas

Uma nova série para esse blog Punk Brega Onanista: as musas do nosso querido rock ‘n’ roll

 

Debbie Harry platinada e nua


Deborah Ann “Debbie” Harry, nasceu dia 01 de julho de 1945, e ficou famosa como vocalista do Blondie, grupo de New Wave, integrante da cena nova yorkina dos Ramones e Cia. A loira era a única coisa bonita que colava no CBGB.

Além do sucesso com o Blondie, Debbie atuou como atriz e até dublou um dos personagens de GTA: Vice City

-Veja fotos sexy de Courtney Love

Vídeo doidão de Debbie Harry em 1975

Veja também:
-Outras musas nuas do nosso blog
-Musas rock n’ roll
– Pin Ups clássicas em fotos vintage

-Se você quer mais mulher clica aqui
-Se você quer mais música clica aqui!

Musas Pin Ups – Andressa Soares e o Funk da Mulher Melancia

Mulher Melancia ataca de pin up na capa da Playboy

A gordinha sexy Mulher Melancia gravou um funk! Sim, a nova bunda-sucesso agora quer ser cantora.

Ouçam o funk aqui e digam se não é um lixo total ou eu que sou chato… Vai dizer que essa banda aqui não soa até legalzinha depois que você ouve a pérola “Velocidade 6”

Não sabe quem é a Mulher Melancia? Assiste esse vídeo, então:


-Leila Lopes estrela filme pornô das Brasileirinhas!

Mulher Melancia "presta homenagem" às pin ups

*Atualização do post

Esse post foi escrito quando a Mulher Melancia ainda era só a dançarina do MC Créu. Nesses anos que se passaram ela foi capa da Playboy várias vezes, fez ensaio sensual em homenagem às pin ups, virou ícone feminino contra a ditadura da magreza e ainda foi a ÚNICA BRASILEIRA a aparecer no sensacional THE BIG BUTT BOOK da editora de livros de arte Taschen.

Pensando nisso, resolvi introduzir Andressa Soares na nossa grande galeria de pin ups. Cada país tem as musas que escolhe e acho que a fartura naif de Andressa combina bem com o estilo das antigas pin ups, não?

Confiram abaixo o talento da moça.

Andressa Soares, a Mulher Melancia, em foto publicada no The Big Butt Book

Veja também:
-Outras musas nuas do nosso blog

-Musas rock n’ roll
– Pin Ups clássicas em fotos vintage

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...