“Penápolis” – poema de Fred Di Giacomo

originalmente postado em 19 de Agosto de 2009

A igrejinha de Penápolis

Gosto da luz de Penápolis
Quente e intensa
O cinza de São Paulo
Não compensa

Oratório criado pela artista plástica penapolense Cecília Di Giacomo

Poema escrito pelo jornalista penapolense Fred Di Giacomo, autor do livro de contos “Canções para ninar adultos”, publicado em 2012 pela editora Patuá.

Veja também:
-Quer comprar meu livro?

-Dos gênios e dos astros eu só compartilho o fracasso
-Conheça o meu primeiro livro
-Curte contos e crônicas? Leia alguns aqui!

Bukowski – Frases

-Frases legais de caras foda

bukowski-e-uma-mina

Bom gente, essas são as que eu tinha anotadas. Com o tempo vou atualizando isso aqui. Sugestões nos comentários são bem-vindas.

“Definição de um bom bairro: um lugar onde a gente não tem condições econômicas de morar”. Pulp

“Sempre fui de perna. Foi a primeira coisa que vi quando nasci. Mas então eu tentava sair. Desde então, tenho me virado no sentido contrário, e com um azar dos diabos.”
Pulp.

“Éramos uma piada, mas as pessoas tinham medo de rir na nossa frente.”, Ham on Rye.

“Eu era como um lixo que atraía moscas, ao invés de uma flor desejada por borboletas e abelhas” Ham on Rye.

-Leia resenha do livro “Misto Quente”, de Charles Bukowski

“É tão fácil ser poeta, e tão difícil ser um homem”.

“Um bom poeta pode fazer uma alma despedaçada voar.”


Leia também:
-Resenha de “Pulp”, do velho Buk

-Frases punk
-Frases do Tim Maia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...