Jair Bolsonaro queima o filme do Brasil pregando ódio e homofobia em documentário inglês

Jair Bolsonaro...

Jair Bolsonaro…

O famoso comediante e ator  inglês Stephen Fry (que atuou em “V de Vingança” e deu nome ao primeiro disco do cantor Zeca Baleiro) realizou o documentário “Out there” para a BBC, onde investiga o aumento do ódio e  dos crimes contra os homossexuais no mundo e aponto o Brasil (ao lado de Uganda e Rússia) como um dos países onde esse ódio mais aumenta.

No Brasil, Fry entrevista a mãe do menino Alexandre Ivo, morto brutalmente aos 14 anos por ser gay, e o deputado Jair Bolsonaro que afirma que os “brasileiros não gostam de homossexuais” e que vai organizar uma marcha hetero e “não convidará o ator”.

Assistam Jair Bolsonaro envergonhando o Brasil com sua falta de educação e excesso de preconceito:

O garoto Alexandre Ivo morto aos 14 anos por ser gay

O garoto Alexandre Ivo morto aos 14 anos por ser gay

Um bebê não deve ser torturado – uma homenagem a Carlos Alexandre

Carlos Alexandre com os pais

Um bebê – uma criancinha de menos de dois anos – ser torturado (com choques elétricos e tapas) não é certo. Nem aqui, nem em Cuba, nem nos Estados Unidos, nem na Coréia do Norte. Em qualquer lugar onde um governo torturar um bebê, o governo será um governo falido

***
Repetindo, um bebê de um ano e oito meses ser torturado não é certo, não importa se você é comunista, capitalista, anarquista, democrata. Uma criança não deve ser torturada. Qualquer ideologia que defende a tortura de um bebê é uma ideologia que defende o abandono da esperança na humanidade

***

Um bebê ser torturado não é certo, você concorda comigo? Não importa se ele é filho de Hitler, do Mussolini, ou do Stálin. Não importa se seus pais são católicos, comunistas, nazistas ou apenas sonhadores… Com menos de dois anos uma criança não teve tempo de cometer crime algum.***Se você concorda comigo, obrigado.

Se você é um dos aleijados emocionais que encheram essa matéria da ISTOÉ  sobre Carlos Alexandre (o bebê torturado pela ditadura militar brasileira que, agora adulto, acabou de se suicidar)  de comentários machistas, preconceituosos e principalmente cheios de ódio, por favor me risque da sua lista de amigos do Facebook e passe a me ignorar quando a gente se encontrar na rua. Gente que justifica a tortura de um bebê não pode se dizer católica, mulçumana, protestante, democrata, liberal, socialista.

Gente que justifica a tortura de um bebê não pode se dizer gente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...