5 judeus que mudaram o mundo (e você nem lembra que eles eram judeus)

Apesar de estarmos no século XXI, muitas vezes eu ainda ouço comentários preconceituosos sobre os judeus. Outras tantas eu me deparo com notícias bizarras sobre grupos neonazistas no Brasil. Ora, neonazistas defendem as ideias ultrapassadas de Adolf Hitler – entre elas, exterminar completamente o povo judeu. Você já imaginou a tragédia que seria o extermínio de um povo inteiro? Imaginou um mundo sem judeus? Bom, seria um mundo sem super-heróis, rock pesado, terapia e a Igreja Católica. Duvida? Confira abaixo 5 judeus que mudaram o mundo e pense melhor antes de destilar seu preconceito.

5) Stan Lee
Sim, um mundo sem judeus seria um mundo sem super-heróis. Além de Jerry Siegel e Joe Shuster – criadores do Super-Homem  – serem judeus, Stan Lee um dos caras mais simpáticos e influentes do mundo das HQs nasceu em uma família judia. Lee criou nada menos que o Homem-Aranha, os X-Men, o Hulk, o Quarteto-Fantástico, o Thor, o Homem-de-Ferro… praticamente a MARVEL COMICS INTEIRA. Portanto, qualquer nerd ou fã de Vingadores deveria pensar 1000 vezes antes de ter preconceito contra judeus.

4) Gene Simmons, Kiss
A língua mais famosa do rock n’ roll pertence a um judeu. Isso mesmo, Gene Simmons (vocalista e baixista) do Kiss é filho de uma sobrevivente do Holocausto nazista. Se Hitler não tivesse sido derrotado, provavelmente você não poderia cantar hits como “Rock n’ Roll All Nite” e “Detroit Rock City”. Aliás, o rock pesado está cheio músicos de origem judaica: Slash (Guns n’ Roses), Geddy Lee (Rush), Gery Snider (Twisted Sister)… A lista é mais longa e a língua de Simmons.

3) Sigmund Freud

Ok, essa é mais óbvia, mas é muito importante lembrar que toda a revolução provocada pela criação da psicologia saiu da cabeça desse judeu austríaco. Freud é o pai da psicanálise – criação que ajudou a vida de milhões de pessoas e tem tido diversas de suas teorias confirmadas pelas recentes descobertas da neurociência. Um mundo sem judeus seria um mundo sem terapia e com muito menos conhecimento sobre a natureza humana.

2) Albert Einstein
O nome “Albert Einstein” virou, simplesmente, sinônimo de gênio na cultura popular. Entre os acadêmicos, o cientista alemão foi escolhido muitas vezes como o maior físico da história. Pai da teoria da relatividade e  dono de descobertas fundamentais no desenvolvimento da teoria quântica, Einstein resolveu migrar para os EUA quando Adolf Hitler assumiu o poder na Alemanha. É difícil imaginar que o preconceito nazista poderia ter tirado do mundo uma de suas mentes mais brilhantes.

1) Jesus Cristo
Sim, sim, amigos, não adianta espernear. Para ser judeu, você deve ter nascido de ventre judaico e Maria era judia, assim como a maioria dos que viviam ao redor de Jesus há mais de 2000 anos atrás. O Deus de Jesus era o mesmo Deus judaico do Velho Testamento e Cristo se considerava o messias que os judeus esperavam. A partir daí, crença não se discute, mas é interessante que os cristãos lembrem da origem de jesus, já que a Inquisição passou anos perseguindo e expulsando judeus na Europa. 

Também são judeus Woody Allen, Allen Ginsberg, Silvio Santos, Shia LaBeouf, Seinfeld, Will Eisner, Davi, Moacyr Scliar, Amos Oz …

Livros que eu li em 2011 – Retrospectiva

Eu gosto de listas e gosto de livros. Por isso faço essa retrospectiva todos os anos, que me dá uma sensação de “que legal, não gastei todas minhas horas livres no bar.” Livros são aulas com os melhores professores da humanidade e diálogos com caras que você não encontra fácil no boteco da esquina. Acho que esse ano fiz as pazes com alguns clássicos, descobri alguma coisa de literatura contemporânea e me dediquei um pouquinho à teorias de web/games.

-Livros que li em 2010


39)Lord of the Flies,
William Golding***
38)Caprichos e Relaxos, Paulo Leminski *****
37) Religião para Ateus, Alain de Botton *****
36) Alguma Poesia, Carlos Drummond de Andrade *****
35) José, Carlos Drummond de Andrade ****
34) A Rosa do Povo, Carlos Drummond de Andrade ***
33) A Theory of Fun for Game Design, Raph Koster *** */*
32) Lolita, Vladimir Nabokov *****
31) Tartufo, Moliére *** */*
30) A insustentável leveza do ser, Milan Kundera *****
29) Livro das Perguntas, Pablo Neruda ***
28) Máquina de Pinball, Clarah Averbuck, ****
27) Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto *****
26) O primeiro terço, Neal Cassady *
25) O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams** */*
24) Ficções, Jorge Luis Borges ****
23) A Arte da Guerra, Sun Tzu **
22) Crash: uma breve história da economia – da Grécia Antiga ao século XXI, Alexandre Versignassi *****
21) Mingutas, Edson Veiga Jr. *** */*
20)A invenção de Morel, Adolfo Bioy Casares ****
19) A Noite do Oráculo, Paul Auster ****
18) Obra Completa, Murilo Rubião *** */*
17)Women, Charles Bukowski *****
16)Carnaval, Manuel Bandeira ***
15) Mar Inquieto, Yukio Mishima ***
14) Beat Memories: The Photographs of Allen Ginsberg, National Gallery of Art ****
13) Vida, Keith Richards **
12)Sonetos do Amor Obscuro e Divã do Tamarit, Federico Garcia Lorca ***
11)1984, George Orwell *****
10)Hamlet no Holodeck – o Futuro da Narrativa no Ciberespaço, Janet H Murray ***

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

9) As entrevistas da Paris Review, vários *****
8)O convidado Surpresa, Grégoire Bouillier *** */*
7)Viagem ao fim da noite, Louis Ferdinand Céline ****
6)Os anões, Verônica Stigger ** */*
5)El Cartero de Neruda, Antonio Skármeta ***


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4)A vida de Pi,Yann Martel *****
3)O livro de Haicais, Mario Quintana ***
2)Antologia Breve, William Carlos Williams ***
1)Hells Angels, Hunther S. Thompson ****

5 posts mais acessados de outubro de 2010

1) Cozinha do inferno
Comida heavy metal na liderança de outubro

2) 5 clássicos da literatura erótica
Se não tivesse um post de sacanagem no ranking eu ia estranhar vocês…

3) Homem Deus e Homem Humano – Um parceria fracassada
Quadrinhos filosóficos

Homem Deus e Homem Humano – Um parceria fracassada

4)Bansky faz abertura para “Simpsons”
Notícias frescas sobre nosso grafiteiro favorito
Banksy Bart Simpson Graffiti In New Orleans

5)“I Believe in Miracles” – Pearl Jam ao vivo em São Paulo
E um Pearl Jam tocando Ramones pra alegrar no finalzinho

Políticas mais gatas – Top 5

Punk Brega volta de férias, e toda sexta-feira você acha aqui os vídeos mais escrotinhos da internet

Com guerra de bexiga d’água e bolinha de fita crepe rolando, a gente tenta avacalhar os políticos, mas eles conseguem se superar…

Pros preguiçosos que não quiserem assistir o vídeo:

5) Maria do Rosário
4)Dra. Havanir
3)Verônica Costa
2)Aline Correa
1)Manuela D´Avilla

Clássicos da literatura erótica – Top 5

-Conto picante: “Sexo virtual, pop e desencontros”

Sexta-feira quente na TV Punk Brega, preparamos um vídeo com os 5 maiores clássicos da literatura erótica. Confira abaixo ou leia o ranking, abaixo do player 😀

 

Tá com preguiça de assistir o vídeo? Confere o top 5 aí embaixo!

5) “Lolita” – Vladimir Nabokov
lolita-capa-literatura-erotica
4) “Decameron” – Boccaccio
decamerão-capa-eróticos

3) “Henry & June” – Anaïs Nïn
Henry -June-eroticos

2) “Trópico de Câncer” – Henry Miller

tropicofcancer-1

1)Kama Sutra – Mallanaga Vatsyayan

O maior clássico da literatura erótica vem da Índia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

-Compre agora: o “Kama Sutra” de Milo Manara

Leia também:
Conto: Mulheres – Anjas Tortas

Bandas punk paulistas dos anos 80 – Top 5

Sexta-feira é o dia da TV Punk Brega sintonizar vídeos punks e documentários roots.

Ratos de Porão na época do disco "Descanse em Paz"

 

Gostem os xiitas do punk ou não,  o movimento musical chegou ao Brasil ao mesmo tempo em dois estados e de formas bem diferentes. Em Brasília, filhos de diplomatas de classe média alta traziam discos ingleses de suas viagens e começaram a montar bandas inspiradas em Sex Pistols e Clash.  A primeira de todas foi o Aborto Elétrico, em 1978. No mesmo ano, surgia nos subúrbios operários o Restos de Nada, inspirado por Stooges, Mc5 e Ramones. Enquanto o punk brasiliense descambaria no rock de Legião Urbana e Plebe Rude, o hardcore paulista se endureceria e espalharia-se pelas quebradas da megalópole dando origem a bandas como Fogo Cruzado, Hino Mortal e Condutores de Cadáveres. Abaixo selecionei vídeos das 5 maiores bandas do punk/hc paulista surgidas nos anos 80. Divirta-se!

Ratos de Porão – “Crise Geral”

Garotos Podres – “Garoto Podre”

Cólera – “Palpebrite”

Inocentes – “Rotina”

Olho Seco – “Isto é Olho Seco”

Piores capas de discos – Top 5

Sexta-feira: rankings estranhos na TV Punk Brega


Este Top 5 foi feito pro site da revista Mundo Estranho em 2006. Na época eu era um jovem foca cabeludo.

 

virgin-killer-piores-capas-disco

A campeã do mau gosto e a capa do disco Virgin Killer do Scorpions

Pra quem tem preguiça de assistir, segue o ranking:
5) “Unfinished Music nº 1:  2 Virgins”John Lennon e Yoko Onno
4) “Time to Get Physical”, Tony Tee
3) “Live at the Pavilion Theatre, Glasgow” Mike Terry
2) “Back to the shit”,  Millei Jackson
1) “Virgin Killer”, Scorpions


 

Vilãs mais sexy – Top 5

Toda sexta-feira você encontra os melhores vídeos (nerds, picantes ou apenas toscos mesmo) na TV Punk Brega

E aí, você prefere a Mulher Gato vivida pela Michele Pfeiffer ou...

Tá com preguiça de assistir? A gente resume o Top 5 pra você:

3) Mística, X-Men
2) Elle Driver – a enfermeira, Kill Bill
1)  Mulher Gato, Batman

... a versão Halle Berry?