Wander Wildner: Galeria de Anti-Heróis

Born to be Wild

 

Wander Wildner (1959 – ) é um cantor e compositor gaúcho. Wander ficou famoso por ser o vocalista da banda de punk rock Replicantes, famosa por seu humor ácido em canções como “Surfista Calhorda”, “Nicotina” e “Festa Punk”. Ao sair da banda, Wander criou o estilo punk brega no disco “Baladas Sangrentas”, misturando influências punk rock à violões folk e letras inspiradas no cancioneiro mais popular e romântico. Entre suas músicas solo está o hit “Bebendo Vinho”, regravado pelo Ira!

Aleluia, irmãos! Assista “Jesus Cristo vai voltar” de Wander Wildner e Sangue Sujo

Leia entrevista exclusiva com o pai do punk brega
wander-wildner-punk-brega

Letra:
Jesus Cristo vai voltar.Aleluia!

Em Porto Alegre ele vai morar.Aleluia!

As pessoas vão gostar.Aleluia!

Nossa vida vai melhorar.Aleluia!

Jesus Cristo vai voltar.Aleluia!

Em Porto Alegre ele vai morar.Aleluia!

As pessoas vão gostar.Aleluia!

Nossa vida vai melhorar.Aleluia!

Os cristão pedindo a sua volta esperavam por essa hora

Todos juntos num mutirão pois jesus é a salvação

Todos querem um mundo melhor

Todos querem viver em paz

Agora sim vai ser legal,pq jesus é o canal

Jesus Cristo vai voltar.Aleluia!

Em Porto Alegre ele vai morar.Aleluia!

As pessoas vão gostar.Aleluia!

Nossa vida vai melhorar.Aleluia!

Mas em que bairro Jesus vai ficar?

Em que rua Jesus vai morar?

Na Santa Cecília ou na Conceição?

No Espírito Santo ou na Assunção?

Em que bairro Jesus vai ficar?

Em que rua Jesus vai morar?

Na Santa Cecília ou na Conceição?

No Espírito Santo ou na Assunção?

Todos querem que ele fique na sua rua

Mamãe quer que ele fique lá em casa

Tô achando que isso vai dar uma grande confusão

Mas numa hora dessas cada um é mais cristão

Em que bairro Jesus vai ficar?

Em que rua Jesus vai morar?

Na Santa Cecília ou na Conceição?

No Espírito Santo ou na Assunção?

Mas em que bairro Jesus vai ficar?

Em que rua Jesus vai morar?

Na Santa Cecília ou na conceição?

No Espírito Santo ou na Assunção?

Aleluia!

5 melhores músicas de (dor de) corno

Com a licença do mestre @xicosa, Punk Brega elege as 5 melhores músicas da corneira nacional.

5)”A Maçã” – Raul Seixas
O genial Raulzito é autor dessa “melô do corno manso”, em que – ao contrário do Rei Roberto e de Roger do Ultraje – ele condena o ciúme e diz “Sofro, mas eu vou te libertar”.

4)”Me dê motivos” – Tim Maia
A música não foi composta pelo Tim Maia, mas o monólogo cravado por ele na introdução já vale o lugar nessa lista:
“É engraçado, ás vezes a gente sente fica pensando
Que está sendo amado, que está amando e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos e cria um mundo de encanto, onde tudo é belo
Até que a mulher que a gente ama, vacila e põe tudo a perder
E põe tudo a perder…”

3)Ronda – Paulo Vanzolini
Vanzolini, um dos maiores compositores de sambas paulistas, ficou famoso por essa dor de corno “com alma feminina” gravada, entre outras, por Maria Bethânia. Dor de corno com sangue no final.

2)”Nervos de Aço” – Lupicínio Rodrigues
Lupicínio Rodrigues é o rei das canções de “dor de cotovelo”. Nervos de Aço é  mais clássica delas. Avó de “Garçom” do Reginaldo Rossi, mas muito mais classuda, foi também gravada por Paulinho da Viola. Supostamente, é baseada em fatos reais.

1)”Garçom” – Reginaldo Rossi
Clássico dos clássicos, grande hino brega, relata a história do cara cujo grande amor vai se casar e mandou uma carta pra lhe avisar. Abaixo a história “apócrifa” da música.

Bônus Track: “Balada do Corno” – Milhouse
Essa música foi originalmente composta por Wando Ramone e Waldick Cavalera da banda de punk brega Cuecas Rosas. É pouco conhecida, mas serve como um hino da auto-ajuda corna com seu terapêutico “Atire a primeira pedra quem nunca sofreu/quem nunca foi corno assim como eu/nunca foi traído”.

>http://punkbrega.blogspot.com

>Olha só que emoção! Consegui fazer meu primeiro redirect direto no código fonte. Agora você não precisa mais digitar toda essa URL gigante (http://memoriasdeumperdedor.blogspot.com) quando quiser ler este bloguinho. Pode ir direto no punkbrega.blogspot.com. Bem mais simples, né? E fácil de guardar…

Mas esse blog já não chamava Punk Brega?

Sim, ele chamava. Mas eu tinha criado esse domínio inicialmente para publicar meu livro, há alguns anos atrás, o “Memórias de um Perdedor”, que eu só terminei agora. Era um bom nome pra um livro, mas para um blog que falasse sobre música, cinema e literatura parecia emo demais, né? Bom, então agora eu consegui também a url “punkbrega” e tudo ficou mais fácil. Vamos ver se junto a isso, eu começo a atualizar mais meu blog. Estou com várias ideais.

Uhu!

>Audiogalxy, Bauru – 23/08

>

Pagando de Ramones brega

Quem teve coragem de encarar o vento frio da noite do último sábado(23/08) em Bauru, pode conferir a performance do Milhouse + os amigos da Punky Brewsters. A noite no Audiogalaxy começou com rockzinho indie tocado pelo dj, que por volta da 0:30 deu lugar aos rocks crássicos dispardos pela banda bauruense Punk Brewsters. Já eram quase duas da manhã quando o Milhouse subiu ao palco. A visita a cidade sanduíche já tinha rendido matéria no jornal locar, Bom Dia, e entrevista para o programa “Revista de Sábado” da afiliada da Globo, Tv Tem.

Tudo que a gente precisa é de amor

Numa noite com TiTI inspirado em sua bela camisa vermelha e Ana vestindo um belo chapéu de zebrinha roxa, o Milhouse destilou mais de uma hora de seu “punk brega nerd samba progressivo”. Entre as novidades tocaram pela primeira vez “Samba do Mercado” de Rodrigo “Axl Magal” e Danilo Lagoeiro. A galera que era fã do “Cuecas Rosas” de Axl, segurou para lagriminha não escorrer. Ainda rolou “corrente de paz e amor” em “All You Need is Love” dos Beatles e 3 bis(que incluíram além de “Samba do Mercado”, “Canção do Orkut” e “Melô do Hipocondríaco”).

Quem ainda não chamou o Milhouse para animar sua festa, está perdendo o “creme de la creme” da diversão. ÇuÇeÇo!

Top 5: Bandas gaúchas prediletas

Wander Wildner, o mestre punk brega

Em homenagem aos meus amigos gaúchos, aí vai meu Top 5 melhores bandas gaúchas. Segui meu gosto pessoal como único critério jornalístico 🙂

-Leia entrevista exclusiva com Wander Wildner

1) Júpiter Maçã

O doidão Júpiter Mação é foda. Seu primeiro disco “A Sétima Efervescência” é pra mim o melhor do rock gaúcho e um dos melhores do rock nacional. Não gosto muito da fase bossa em inglês dele(Jupiter Apple), mas esse último disco(de onde saiu esse clipe) está bem legal. O Júpiter(ou Flávio Basso) tocou antes no TNT e Cascavelletes.

2)Replicantes

A primeira banda gaúcha que eu amei. Eram punks, mas tinham umas letras engraçadas. Minha banda, Praga de Mãe, tocava essa música.

3)Wander Wildner

O pai do punk brega, Wander Wildner! Saiu dos Replicantes pra fazer um projeto tão legal quanto: fundir a simplicidade e a distorção punk com letras de amor inspiradas em Roberto Carlos e Reginaldo Rossi. Esta música é muito boa: “Quase um alcólatra”.

4)Cascavelletes

Cascavelletes é a banda seminal do rock gaúcho: reunia Frank Jorge(Graforréia) e Flávio Basso(Júpiter Maçã). Pra mim duas das melhores músicas do rock dos pampas são deles: “Morte por tesão” e “O Dotadão deve morrer”. Essa música “Eu quis comer você”, nem é tão legal, mas o vídeo deles tocando esse som no meio da molecada da Angélica(e sendo cantados pela loira “bonito o sotaque deles”) é muito bom. Os caras também tem a melhor demo feita no Brasil.

5)Graforréia Xilarmônica/Walverdes

Pra finalizar um empate. O Graforréia tem uns discos muito bons, mas o show eu achei meia boca. E tem umas músicas muito malucas às vezes. O Walverdes pelo contrário tem um show fodaço, rock ‘n’ roll no talo!

 

VEJA TAMBÉM:
– Entrevista com Wander Wildner

-6 bandas que eu gosto e ninguém gosta 

-5 maiores maconheiros da ficção

 

Garota Vida Louca: uma homenagem aos tempos de loucura da Britney Spears?

 

Britney Spears em sua fase vida loka acabava mostrando o que não queria...

 Banda Milhouse cantando “Garota Vida Louca”

A nova pérola do punk brega foi tirada da cabeça de Alexandre Shula com a ajuda de Axl Magal e o RAP de Wando Ramone!
Não ta entendendo nada? Ouça a música no site da banda Milhouse e depois diz se não é um must!

É de deixa a gente maluco, né, Britney?

A letrinha é uma poesia charliebrownjunicar

Garota Vida Louca
Ela tem tatuagem
Ela tem piercing no mamilo
Ela tem um pit bull
Eu só tenho um coração partido

Garota vida louca
Vê se da bola pra mim

Já tomou chá de cogumelo
Agora toma cápsulas de vento
Essa garota é bem maluca
E não sai do meu pensamento.

Garota vida louca
Vê se da bola pra mim

RAP:
Essa garota é vida louca
Essa garota não é porra louca
Vou dar um beijo nessa garota
Um beijo na sua boca, yeah!

Veja também:
-Outras musas nuas do nosso blog

-Musas rock n’ roll
– Pin Ups clássicas em fotos vintage

>Banda Milhouse – Espaço Impróprio

>

O Milhouse(banda na qual eu canto e toco baixo) se apresentou ontem no Espaço Impróprio em São Paulo. E foi ducaralho.

Nosso último show tinha sido em Ribeirão Preto e foi meio tenso. A casa estava vazia(devia ter algo entre 25 e 30 pessoas), as pessoas ficaram muito longe do palco, eu travei, o microfone caiu na minha cabeça, a guitarra do TiTi parou no meio… Enfim, foi trash. A gente precisava de um show bom pra lavar a alma.

A primeira coisa legal desse sábado foi ver a quantidade de brothers que foram ao Espaço Impróprio. Tinha gente de Bauru, de São Paulo e até de Penápolis. No total a casa tinha mais de 100 pessoas(Tinha mais duas bandas que iam tocar também). Os amigos do Curso Abril e acompanhantes formaram uma primeira fila de “fã clube” e fizeram quase mais barulho que a gente. Rolou roda, mosh, nego tirando foto de cima do palco, três pessoas subindo com a banda ao mesmo tempo e dançando… E o espaço que tinha tudo pra ser um buraco era um centro cultural Vegan bem bacana, acabamos com a cerveja do lugar, inclusive. E no final das contas tivemos até um pequeno lucro que deu pra pagar a pizza no final da noite. 😛

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...