5 judeus que mudaram o mundo (e você nem lembra que eles eram judeus)

Apesar de estarmos no século XXI, muitas vezes eu ainda ouço comentários preconceituosos sobre os judeus. Outras tantas eu me deparo com notícias bizarras sobre grupos neonazistas no Brasil. Ora, neonazistas defendem as ideias ultrapassadas de Adolf Hitler – entre elas, exterminar completamente o povo judeu. Você já imaginou a tragédia que seria o extermínio de um povo inteiro? Imaginou um mundo sem judeus? Bom, seria um mundo sem super-heróis, rock pesado, terapia e a Igreja Católica. Duvida? Confira abaixo 5 judeus que mudaram o mundo e pense melhor antes de destilar seu preconceito.

5) Stan Lee
Sim, um mundo sem judeus seria um mundo sem super-heróis. Além de Jerry Siegel e Joe Shuster – criadores do Super-Homem  – serem judeus, Stan Lee um dos caras mais simpáticos e influentes do mundo das HQs nasceu em uma família judia. Lee criou nada menos que o Homem-Aranha, os X-Men, o Hulk, o Quarteto-Fantástico, o Thor, o Homem-de-Ferro… praticamente a MARVEL COMICS INTEIRA. Portanto, qualquer nerd ou fã de Vingadores deveria pensar 1000 vezes antes de ter preconceito contra judeus.

4) Gene Simmons, Kiss
A língua mais famosa do rock n’ roll pertence a um judeu. Isso mesmo, Gene Simmons (vocalista e baixista) do Kiss é filho de uma sobrevivente do Holocausto nazista. Se Hitler não tivesse sido derrotado, provavelmente você não poderia cantar hits como “Rock n’ Roll All Nite” e “Detroit Rock City”. Aliás, o rock pesado está cheio músicos de origem judaica: Slash (Guns n’ Roses), Geddy Lee (Rush), Gery Snider (Twisted Sister)… A lista é mais longa e a língua de Simmons.

3) Sigmund Freud

Ok, essa é mais óbvia, mas é muito importante lembrar que toda a revolução provocada pela criação da psicologia saiu da cabeça desse judeu austríaco. Freud é o pai da psicanálise – criação que ajudou a vida de milhões de pessoas e tem tido diversas de suas teorias confirmadas pelas recentes descobertas da neurociência. Um mundo sem judeus seria um mundo sem terapia e com muito menos conhecimento sobre a natureza humana.

2) Albert Einstein
O nome “Albert Einstein” virou, simplesmente, sinônimo de gênio na cultura popular. Entre os acadêmicos, o cientista alemão foi escolhido muitas vezes como o maior físico da história. Pai da teoria da relatividade e  dono de descobertas fundamentais no desenvolvimento da teoria quântica, Einstein resolveu migrar para os EUA quando Adolf Hitler assumiu o poder na Alemanha. É difícil imaginar que o preconceito nazista poderia ter tirado do mundo uma de suas mentes mais brilhantes.

1) Jesus Cristo
Sim, sim, amigos, não adianta espernear. Para ser judeu, você deve ter nascido de ventre judaico e Maria era judia, assim como a maioria dos que viviam ao redor de Jesus há mais de 2000 anos atrás. O Deus de Jesus era o mesmo Deus judaico do Velho Testamento e Cristo se considerava o messias que os judeus esperavam. A partir daí, crença não se discute, mas é interessante que os cristãos lembrem da origem de jesus, já que a Inquisição passou anos perseguindo e expulsando judeus na Europa. 

Também são judeus Woody Allen, Allen Ginsberg, Silvio Santos, Shia LaBeouf, Seinfeld, Will Eisner, Davi, Moacyr Scliar, Amos Oz …

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 thoughts on “5 judeus que mudaram o mundo (e você nem lembra que eles eram judeus)

  1. Se alguém quer abençoado, abençoe os judeus, do qual Abrãao é um dos patriarcas, e DEUS prometeu pra ele, eu abençoarei quem te abençoar e amaldiçoarei que te amaldiçoar, vc decide se quer a benção ou a maldição, e quando DEUS diz ai daquele que tq amaldiçoar, e quando DEUS disse ai de uma cidade, ela foi destruída!

  2. Eu respeito e admiro muito os judeus. Tem um grau de inteligencia alto, que acho que nenhum outro povo herdou, pois foi uma bencao de Jesus Cristo. Gostaria de saber se existem musicos e cantores que sao descendentes de judeu.
    Obrigada

  3. O que foi nos ensinado é que: Jesus Cristo (Judeu), veio ao nosso mundo para trazer a nova informação de Deus, informando que todos somos filhos dele e não somente os Judeus. Imagina se Jesus Cristo não fosse judeu, como seria deboxado. O fato de ter nascido judeu, foi de uma inteligência divina, serviu para dar credibilidade da nova ordem, porém a prepotência e arrogância dos judeus da terra, preferiram excomunga-lo, dizer é tratá-lo como traidor. Pergunto- se Jesus não é o Salvador, então cadê o Salvador que os Judeus tanto anunciaram esperam, e qual a razão de acreditar que são os únicos filhos de Deus.

  4. Ah, tá! Como se ninguém soubesse que Jesus é judeu. Algumas celebridades que eu não sabia que possuíam linhagem judaica e agora sei são a Natalie Portman, Débora Bloc, Dan Stubatch, a Blosoom do seriado, Harrison Ford, Lady Di, Marcos Mion e Didier Wagner. Parece que a semente do povo de Deus germinou por todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.