Poesia de Paulo Leminski

Surrupiada do ótimo “Caprichos e Relachos

Leminski em meio às flores

Leminski em meio às flores

pétala
não caia esse orvalho
olho
não perca essa lágrima
auras que já se foram
grato pela graça
a graça que eu acho
em tudo que fica
por tudo que passa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.