Arnaldo Baptista – entrevista: líder dos Mutantes fala sobre

-Ouça música da nova fase dos Mutantes


Bilhete do Kurt Cobain pro Arnaldo Baptista, enviado com a entrevista.


Em 2004, eu estava começando no jornal laboratório da Unesp(Contexto), na editoria de cultura. A Dani Lima era minha editora e a gente estava fazendo uma matéria relacionando tristeza e a arte. Pra isso precisávamos entrevistar o Arnaldo Baptista (fundador dos Mutantes) pra falar sobre seu álbum solo “Lóki?”. Consegui achar o cara pelo e-mail, e ele respondeu essa micro-entrevista, do seu jeito “meio desligado”

Ando meio desligado

por Fred Di Giacomo e Renato Bueno

1)Teu disco Lóki está cercado de elementos extra-disco que remetem a isolamento e tristeza (separação dos Mutantes, “conflitos pessoais”…) Mas ali mesmo dá pra perceber que quem canta tudo aquilo parece estar à vontade, parece ter se encontrado. Você o considera um disco triste?
O lado triste revela o “blues”, que consegue um som, só… Será que a tristeza não é de quem ouve???

2) Qual a importância da participação dos antigos parceiros no disco?
A importância foi nula… Eles eram meus parceiros na época, só isso…

3) Nelson Rodrigues disse que, se a vida não impõe sofrimento ao artista, ele deve buscar seu próprio sofrimento. Funciona assim na música? E na pintura?
Na música menos que na pintura.

O músico Arnaldo Baptista, que liderou a banda Mutantes em sua fase mais genial

4)Você chegou a trocar idéias com Kurt Cobain. Pelas letras do Nirvana e muitos comentários sobre o trabalho deles, percebemos uma angústia constante. Que impressão você teve do Kurt como amigo e fã dos Mutantes?
Eu não o conheci pessoalmente, mas gosto dele… Ele é que parece não Kurtiu bem a vida… Segue anexo o bilhete que ele me mandou…(Veja no começo da entrevista)

5)O que você acha do filho de seu ídolo(John Lennon), Sean Lennon, ser seu fã? Como surgiu o contato com ele?
Foi uma maravilha… Ele me convidou para participar do FreeJazz com ele na música “Panis et Circenses”. Com ele eu troquei bastante idéias. Nunca poderia imaginar que o filho do meu ídolo seria meu fã.

6) Quais são seus projetos pro futuro? Música? Literatura? Pintura?
É ser melhor Arnaldo e não exageraldo.. Aguarde novo CD… Breve….

 Arnaldo Baptista e Sean Lennon tocam juntos no Free Jazz Festival:


Veja também
-Confira mais entrevistas!
-Conheça a obra de Timothy Leary o guru do LSD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 thoughts on “Arnaldo Baptista – entrevista: líder dos Mutantes fala sobre

  1. Pingback: Punk Brega » Nação Zumbi: Da lama ao (zine) KAOS, entrevista com a banda em Bauru.

  2. 4 Comentários – Mostrar postagem original
    Recolher comentários
    1 – 4 de 4
    Bárbara dos Anjos Lima disse…
    eu desenho melhor que o Kurt Cobain!
    rárá!

    1 de maio de 2008 15:25
    João Zimmer disse…
    foda! se nao fosse aquela entrevista do kurt pra mtv, provavelmente eu nunca ouviria os mutantes

    24 de fevereiro de 2009 17:29
    Miguel Martins disse…
    Rapah, vc tem o contato do MESTRE ARNALDO???? I Don’t believe… Aquilo é uma espécie de semi-deus aqui na terra “biccho”… Pow, me manda este contato cara. Sou jornalista e isso é o que falta. Abraços Virtuais

    10 de março de 2009 05:42
    Frico disse…
    Cara, preciso procurar, mas acho que não tenho mais o contato dele. Fiz a entrevista na época da faculdade e achei o e-mail no site ofcial se não me engano. Abraço a todos

    8 de maio de 2009 22:48

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.